Ficha de planta: Margarida – Bellis perennis

Pequena e omnipresente mesmo na cidade, a margarida é uma planta rústica que exige poucos cuidados. É comestível e medicinal, sendo muito utilizada na forma de cataplasmas e infusões das flores e folhas.

Bellis perennis DaisyExposição solar: Sol / Meia Sombra

Ciclo de vida: Perene – é a designação botânica dada às espécies vegetais cujo ciclo é longo. Plantas perenes são as plantas que vivem vários anos.

Necessidades: As Margaridas preferem temperaturas baixas, dos 5Cº aos 7 Cº, mas estão bem adaptadas ao clima temperado ou mediterrâneo. Não resistem a geadas. A regua deve ser abundante no verão quando está muito calor. Evitar solos encharcados e evitar molhar as folhas.

Altura/ Porte: Até 20 cm de altura.

Propogação: Por divisão de touceiras. Por sementes no final do verão e princípio do outono – semear com algum espaçamento para evitar a sobreposição das folhas e desta forma promover o arejamento e evitar podridões.

Tipo de vaso: Tem uma raiz superficial, pode ser cultivada em floreiras.

Manutenção: Arrancar as flores murchas para prolongar a floração das plantas.

Partes usadas: Flores e folhas

Propriedades e usos: As folhas jovens são comestíveis cruas ou cozidas. As flores são usadas cruas em saladas ou para decorar pratos. Tem propriedades medicinais, é indicada para eczemas, queimaduras, inflamações da pele, dores articulares, gota, reumatismo, infecções das vias respiratórias e digestivas, tosse –  infusão de 50 gr de flores e folhas para 1 litro de água a ferver ou aplicar compressas das folhas e flores esmagadas. A Infusão – 15 gr de flores e/ou folhas em 500 ml de água – tem propriedades anti-inflamatórias, depurativas, diuréticas, expectorantes e tónicas. Pode ser feiito um spray repelente de insectos a partir de uma infusão das suas folhas.

Mais fichas de plantas

Anúncios